You are currently viewing Como o RH pode participar das decisões estratégicas de uma empresa?

Como o RH pode participar das decisões estratégicas de uma empresa?

Tradicionalmente, o departamento de Recursos Humanos (RH) de uma empresa, desempenhava uma função de apoio sem ter nenhuma influência na gestão estratégica da organização. O setor era visto como um lugar de “mexer com a papelada”.

Assim, ele era uma parte da organização que muitas vezes, ficava em segundo plano em comparação àquelas mais destinados a números como marketing e desenvolvimento de negócios.

É certo afirmar que o Departamento de Recursos Humanos ainda trabalha com muita papelada. Porém, estão avançando nos campos da Psicologia, Análise de Dados e Recrutamento. Hoje em dia, possibilitou que as empresas percebessem que o RH deve ser integrado ao seu plano geral de negócios.

Quer saber como exatamente o RH pode participar das decisões estratégicas da empresa? Então leia este post até o final e confira!

Garante o alinhamento em torno da visão e dos valores da organização

Às vezes, os líderes empresariais se concentram tanto no planejamento estratégico e nas operações diárias que podem perder de vista a essência da organização — sua visão e valores.

O RH, como especialista em organização e talentos, pode “recriar o terreno” dos líderes na visão sobre o que a empresa propõe e os valores que impulsionam as motivações e os comportamentos das pessoas. O RH, ao facilitar as discussões com a equipe de liderança, pode redirecionar a organização para o que é importante e reacender a visão e os valores.

Os líderes de RH também podem desempenhar um papel importante ao modelar valores organizacionais no comportamento e nas ações de sua própria equipe. Isso pode ser útil especialmente durante as mudanças criadas por uma nova estratégia.

Mantém uma cultura top of mind como um facilitador da estratégia

A melhor das estratégias que pode ser descarrilada por uma cultura disfuncional. Ter uma cultura boa e forte possibilita visão e planejamento estratégicos corretos. Os líderes devem pensar cuidadosamente sobre como a cultura de sua organização se alinha e apoia sua estratégia.

O RH está idealmente posicionado para conduzir as conversas corretas sobre a cultura atual e como ela precisa evoluir para apoiar a estratégia. Gestores de RH podem ajudar líderes e funcionários a articular a cultura desejada em exemplos de comportamentos específicos e relacionáveis.

Ajuda líderes a identificar pessoas que venham a compor o time de decisões estratégicas

Embora as metas financeiras da organização geralmente estejam em primeiro plano — quando se tem uma estratégia de alto nível — na maioria das organizações, as prioridades de pessoas e talentos são igualmente importantes.

Estes podem tanto incluir como atrair e reter os melhores talentos. Além disso, também podem desenvolver novas capacidades centrais ou melhorar a diversidade e a inclusão — os quais são todos conduzidos ou apoiados pelo RH de alguma forma. O RH pode garantir que os fatores de talentos e pessoas sejam abordados diretamente na estratégia organizacional.

Os requisitos de funcionários e de talentos exigidos pela estratégia organizacionais são de propriedade dos empresários e gestores. Mas os profissionais de RH podem estabelecer esses requisitos, garantindo que a organização esteja configurada para operar com êxito sobre estas exigências.

Naturalmente, o RH tem acesso a análises e conhecimentos úteis sobre os pontos fortes e fracos, oportunidades, ameaças atuais e futuros de talentos. Este Departamento pode trazer esses insights para os estágios iniciais das discussões estratégicas.

Mantém os funcionários envolvidos com a estratégia e outras mudanças à frente

O RH em muitas vezes é capaz de explorar as opiniões e os sentimentos dos funcionários em todos os níveis, departamentos, funções e localidades. Envolver funcionários em torno da estratégia desde o início é fundamental para capturar seus corações e mentes em longo prazo. Com as pessoas envolvidas, a estratégia passa de meras palavras em papel a um modelo de sucesso.

O RH pode ajudar a solicitar feedback, ideias, reações e sugestões dos funcionários sobre os quais devem ser a estratégia e como ela deve ser implementada. Se houver grandes mudanças à frente — como uma reestruturação, ou uma nova implementação de tecnologias — o RH também pode atuar como um “arquiteto de mudanças”. Ele pode criar e executar estratégias e planos necessários para liderar e comunicar a mudança.

Constroem planos para alinhar as “alavancas” organizacionais que apoiam decisões estratégicas

Embora os objetivos estratégicos gerais e as principais iniciativas sejam críticos, os planos multifuncionais que suportam a execução da estratégia também são essenciais.

Na verdade, muitas organizações falham quando não possuem planos de implementações práticas e táticas que levem em consideração as mudanças necessárias para alinhar a organização à sua estratégia. O RH pode ser um parceiro importante para determinar, por exemplo:

  • Quais aspectos da organização precisarão ser abordados a partir de um determinado ponto;
  • Quem será impactado e como;
  • E quais ações serão necessárias para garantir o sucesso.

E finalmente, o RH possui as ferramentas, competências e capacidades para apoiar a empresa e dar vida às suas decisões estratégicas. Chegar à sintonia desse setor com a organização como um todo, não acontece da noite para o dia. Encarar o RH dessa forma requer mudar o paradigma de que ele apenas exerce gestão estratégica dos processos que envolvem força de trabalho.

Como líder de RH, esperamos que você possa programar essa ideia nas decisões estratégicas da organização em que trabalha. Assine agora nossa newsletter e receba mais conteúdo sobre gestão!